Texto  
 
 
 
Melhor resultado da época para Filipe Albuquerque  
Foi, desde o início da época, a corrida mais fluída que Filipe Albuquerque teve no DTM. O piloto português arrancou em Oschersleben da quinta posição da grelha, fez um bom arranque e com uma estratégia bem delineada, chegou a estar no terceiro lugar e cruzou a linha de meta num excelente quarto posto. O melhor resultado do ano e os primeiros 12 pontos da temporada.

Habituado a ter de fazer face a pequenos/grandes percalços, Filipe não escondia a satisfação de ter tido um fim-de-semana que considerou, normal: "Estivemos sempre rápidos quer nos treinos livres, quer na qualificação, quer na corrida. Finalmente, traduzimos o trabalho de meses, num resultado que nos enche de otimismo", começou por dizer.

Uma corrida feita com muita sobriedade: "Fiz um bom arranque e mantive a quinta posição. O primeiro 'pit-stop' aconteceu cedo e essa decisão revelou-se a acertada. Estávamos no terceiro posto. A segunda paragem não foi tão brilhante e isso custou-nos uma posição. Depois, o meu andamento quedou-se um pouco devido a problemas de travões. Foram algumas voltas complicadas mas, perto do final o equilíbrio já estava a voltar à normalidade e terminar em quarto, foi uma satisfação enorme para mim e para a equipa", continuou Filipe Albuquerque que conquistou os primeiros 12 pontos para as contas do Campeonato.

O resultado conseguido em Oschersleben abre boas perspectivas para as duas corridas que faltam para o final da temporada: "Vamos continuar a trabalhar como até aqui, com a mesma humildade e dedicação e acreditar que estes resultados e performance se vão manter", concluiu o piloto português que volta às pistas no fim-de-semana de 28 e 29 de Setembro em Zandvoort (Holanda).

Resultados da Corrida:
1º Augusto Farfus - BMW
2º Mike Rockenfeller - Audi
3º Jamie Green - Audi
4º Fillipe Albuquerque - Audi
 
 
   
 
 
     
 
 
 
 
 
Copyright PNC 2007-2016 Design: SNorD   Implementação: B-Way   Programação: AltoDébito