Texto  
 
 
 
Filipe Albuquerque com experiência única no Global Rally Cross nos Estados Unidos  
Filipe Albuquerque esteve, este fim-de-semana, em Dallas para uma experiência única na sua carreira. A convite do famoso Travis Pastana, o piloto português enfrentou uma das provas do Global Rally Cross que teve lugar no Texas Motor Speedway. Uma experiência ímpar num evento em tudo distinto daquilo que se faz na Europa.

Uma prova que Filipe definiu como: "Atípica. Para além de tudo ser novidade para mim, quando cheguei à pista defrontei-me com um salto enorme no percurso. Como tinha chovido bastante no dia anterior, os treinos foram cancelados. Fui directo para os treinos cronometrados. Devido ao salto, muitos dos carros não aguentaram e o Travis Pastrana estragou o dele bem cedo. Repartimos então a condução do meu Dodge Dart. Fiz o 14º tempo nos cronometrados. E acabei por não passar a primeira manga. O carro estava com problemas no diferencial da frente", disse o piloto português.

Mas, mais importante que qualquer resultado nesta sua estreia foi a experiência que viveu: "Em tudo diferente do que estou habituado. Neste tipo de provas o espectáculo é mais importante que tudo o resto. E a prova disso é a dimensão daquele salto. Valeu pela experiência e pela evolução que fizemos ao carro. No fundo era essa a minha missão para com o Pastrana. A realidade das corridas nos Estados Unidos é distinta, o envolvimento das pessoas é brutal. Têm um entusiasmo único. Toda a experiência foi enriquecedora", concluiu Filipe Albuquerque que está agora de regresso a Portugal.

O piloto português tem agora um período de interregno no DTM que regressa a actividade desportiva no final do mês de Junho.
 
 
   
 
 
     
 
 
 
 
 
Copyright PNC 2007-2016 Design: SNorD   Implementação: B-Way   Programação: AltoDébito