Texto  
 
 
 
OPEN DE PORTUGAL DE KARTING TERMINA EM BALTAR COM CJT EM ALTA  
2002-03-03  
O Couceiro Junior Team averbou mais dois resultados dignos de relevo, este fim de semana em Baltar.
Na categoria Junior, Armando Parente tinha deixado já tudo definido, há duas semanas atrás em Braga, com uma dupla vitória e consequente conquista do Open 2002. O Piloto não se deslocou à terceira e última prova para melhor preparar a Taça de Portugal que se disputa no final de Março. Parente foi secundado no Open de Portugal 2002 por Tiago Petiz e Bernardo Sousa.

Já na categoria Cadete a história era outra, pois se António Félix da Costa tinha também conquistado para o CJT o Open de Portugal da categoria, Francisco Marcelino necessitava, ainda, de definir a sua posição.
E foi assim que os jovens pilotos, 10 anos e 8 anos respectivamente, se deslocaram a Baltar para tentarem averbar uma “dobradinha” para o Team Oficial da CRG em Portugal.
Desta vez Félix da Costa não dominou como havia feito em Viana do Castelo e em Braga, muito por culpa dos dois piões que lhe retiraram a vitória na primeira manga. Ainda assim, foi vencedor da segunda manga e terminou a prova de Baltar na segunda posição, atrás de João Ribeiro que assim se sagrou vice-campeão.
Francisco Marcelino terminou o Open 2002 no terceiro lugar, com o mesmo número de pontos de Rui Silva. Cabe agora à FPAK decidir quem ficará com esta posição, uma vez que os regulamentos não foram capazes de ditar, ainda, o terceiro lugar do Open-Categoria Cadete.
Terminou, assim, o Open de Portugal 2002 com o Couceiro Junior Team a olhar optimista para a Taça de Portugal que se disputará em finais de Março no Bombarral.
 
 
   
 
 
     
 
 
 
 
 
Copyright PNC 2007-2016 Design: SNorD   Implementação: B-Way   Programação: AltoDébito