Texto  
 
 
 
Gião e Couceiro largam da pole e terminam em quarto  
2009-06-27  
A dupla Manuel Gião e Pedro Couceiro que estão este fim-de-semana em Spa-Francorchamps para a terceira jornada do Internacional GT Open realizaram hoje, as duas sessões de qualificação e a primeira corrida. Conseguiram para a primeira corrida a ‘pole position’, uma brilhante volta conseguida por Pedro Couceiro já nos últimos minutos da qualificação. Contudo, viriam a terminar a prova no quarto posto fruto essencialmente do ‘handicap’ que traziam da última prova no Algarve.

Coube a Pedro Couceiro o arranque que aconteceu de forma correcta e sem perda de posições: “Fiz uma boa largada e mantive a posição. O Ferrari logo atrás de mim desencadeou uma enorme pressão e como a nossa estratégia visava poupar ao máximo os pneus para garantirmos alguma consistência durante toda a prova, optámos por deixá-lo passar. A nossa principal preocupação são as contas do campeonato pelo que não nos interessava entrar em guerras desmedidas”, começou por explicar.

O primeiro turno correu bem mas a entrada nas boxes para a troca de piloto acabaria por ser mais penalizadora do que o previsto: “Para além dos 10 segundos de penalização ficámos sem o relógio electrónico que nos permitia controlar o tempo na boxe. Acabámos por perder algum tempo aí com receio de alguma penalização”, referiu Manuel Gião.

Depois Gião de tudo fez para garantir um lugar no pódio: “Mas o carro estava muito difícil de conduzir. Fugia muito de traseira o que num circuito como este é altamente penalizador. Os pneus Dunlop estiveram muito bem na qualificação e na primeira e última parte da corrida, mas na parte intermédia perdeu alguma consistência. Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance”, explicou.

Apesar de terem ficado fora do pódio, há a enorme satisfação de poderem partir para a corrida de amanhã sem qualquer ‘handicap’: “Mesmo a sair do sétimo lugar da grelha vamos lutar por vencer a corrida. Este é o nosso objectivo máximo. Não será uma tarefa fácil mas acreditamos que é possível. Temos de pensar na nossa posição no Campeonato e para continuarmos na luta precisamos de manter a senda de bons resultados”, concluíram os pilotos que este ano estão aos comandos do Porsche 997 RSR da Autorlando.

Resultados da Corrida 1:
1º Raymond Narac/Patrick Pilet – Porsche 997 RSR
2º Gianluca Roda/Richard Lietz – Porsche 997 RSR
3º Michele Rugolo/Giacomo Ricci – Ferrari 430 GT2
4º Pedro Couceiro/Manuel Gião – Porsche 997 RSR
 
 
   
 
 
     
 
 
 
 
 
Copyright PNC 2007-2016 Design: SNorD   Implementação: B-Way   Programação: AltoDébito