Texto  
 
 
 
Filipe Albuquerque com teste positivo em Daytona  
2020-01-05  
Três dias de pista para preparar as emblemáticas 24h de Daytona que irão ter lugar no final do mês de Janeiro naquele traçado americano. Filipe Albuquerque, vencedor da prova em 2018, estreou-se este fim-de-semana com a sua nova equipa, a Whelen Engineering Racing partilhando a condução do Cadillac #31 com Mike Conway, Felipe Nasr e Pipo Derani. As seis sessões de treinos correram bem com os pilotos a trabalharem na afinação e adaptação ao carro e a rodarem sempre entre os seis mais rápidos. No treino cronometrado que encerrou os três dias de testes, que visava determinar a ordem de escolha das boxes, ficaram com o quarto melhor crono.

No final dos três dias, Filipe estava satisfeito: "Trabalhámos e rodámos bastante. Estou contente com a nossa prestação. Acho que no cronometrado poderíamos ter feito melhor, talvez segundo, mas ficámos sem gasolina na última volta. Em termos de andamento estamos todos muito próximos. Resta agora saber o que acontecerá com o 'balance of performance'. Se não houver grandes ajustes, vamos estar todos muito próximos e vamos ter uma corrida muito disputada, como aliás, é sempre", referiu o piloto português que regressa agora a Portugal enquanto a equipa vai analisar toda a informação recolhida e trabalhar no 'set-up' que irão usar dentro de algumas semanas.

O regresso a Daytona acontece a 22 de Janeiro. A corrida está marcada para sábado, 25.
 
 
   
 
 
     
 
 
 
 
 
Copyright PNC 2007-2016 Design: SNorD   Implementação: B-Way   Programação: AltoDébito