Texto  
 
 
 
COUCEIRO E PAIS DO AMARAL SEM SORTE EM JARAMA  
2002-05-19  
A dupla portuguesa Pedro Couceiro e Miguel Pais do Amaral viveu um fim de semana sem sorte na segunda prova do campeonato de Espanha de GT, realizada em Jarama, sendo obrigada a abandonar a primeira corrida devido a um violento acidente, que a colocou automaticamente fora da segunda.

Apesar do domínio da Ferrari na qualificação, os portugueses esperavam poder conseguir um resultado no pódio nas corridas de hoje ainda para mais depois das boas indicações deixadas pelo segundo tempo conseguido durante o Warm Up.

Na partida, as coisas até nem correram mal, mas ainda antes do final da primeira volta Pedro Couceiro sofreu um toque na traseira do Porsche 996 GT3 que lhe amolgou os escapes e retirou rendimento ao carro: “Andámos a lutar pelo quarto e pelo quinto posto até à ultima volta”.

Quando parecia que a corrida ia terminar sem sobressaltos deu-se o acidente, como explicou Pedro Couceiro: “Foi a pouco mais de uma volta do final. A suspensão do lado direito cedeu e foi impossível controlar o carro que acabou por ficar muito danificado não nos permitindo participar na segunda corrida”.

Na primeira corrida dos GTB, a vitória ficou entregue à dupla espanhola composta por Javier Diaz Mata e Juan Bastos, autores da pole position ao volante de um Ferrari 360 Modena, enquanto na segunda manga o triunfo pertenceu a outro par espanhol, Luis Perez Sala e Manuel Cerqueda, que tinham largado da sexta posição, mesmo à frente de Couceiro e Amaral.

A próxima prova realiza-se no Autódromo do Estoril a 30 de Junho.

Para mais informações consulte www.pnc.pt.
 
 
   
 
 
     
 
 
 
 
 
Copyright PNC 2007-2016 Design: SNorD   Implementação: B-Way   Programação: AltoDébito