Texto  
 
 
 
Gião e Couceiro optimistas  
2009-09-18  
Decorreram hoje as duas sessões de treinos livres com vista à jornada dupla do Internacional GT Open que este fim-de-semana terá lugar no circuito francês de Magny-Cours. Manuel Gião e Pedro Couceiro regressaram hoje à actividade depois de mais de dois meses de paragem. No primeiro treino registaram o quinto tempo e no segundo tiveram de se contentar com o nono depois de um problema com o Porsche 997 RSR.

Ambos os pilotos se mostravam satisfeitos e muito optimistas para a qualificação e corrida de amanhã: “No primeiro treino fizemos o quinto tempo que do nosso ponto de vista é um bom resultado dado a o período de tempo que estivemos afastados da actividade desportiva. Ficámos cientes que poderíamos ter feito melhor mas na altura não sentimos necessidade de forçar demasiado”, disse Manuel Gião.

No treino da tarde, a dupla portuguesa defrontou-se com um problema no seu carro que os impediu de colocar pneus novos e lutar por uma melhor posição na tabela: “As luzes do motor acenderam e optámos por parar. Mais tarde viríamos a perceber que nada tinha a ver com o motor. Este incidente não nos permitiu utilizar pneus novos e subir posições na tabela. Tivemos que nos contentar com os resultados conseguidos com os pneus velhos”, disse Pedro Couceiro.

Desta forma e depois de terem imposto um ritmo constante ambos os pilotos estão optimistas para as qualificações e corridas de amanhã: “Estamos confiantes que vamos fazer uma boa qualificação e de seguida uma boa corrida. Não temos ‘handicap’ e vamos procurar explorar isso ao máximo”, disseram os pilotos da Autorlando.
 
 
   
 
 
     
 
 
 
 
 
Copyright PNC 2007-2016 Design: SNorD   Implementação: B-Way   Programação: AltoDébito