Texto  
 
 
 
RAFAEL LOBATO VENCE ULTIMA JORNADA EM PORTIMÃO  
Ao volante do Audi RS3 LMS TCR da Veloso Motorsport com as cores da Ascendi, Crédito Agrícola, Iki Mobile, Fibran XPS, Susazub, Renort, Murganheira, Tomeifel, Glassdrive, Clínica Beco com Saída, Anabela Alves Cabeleireiros, Fornima e Minfo, RAFAEL LOBATO disputou a segunda corrida do primeiro dia de competição, saindo do segundo lugar da grelha de partida, após igual resultado obtido pelo seu colega de equipa Patrick Cunha na Corrida 1.

O piloto de Vila real efetuou um excelente arranque e chegou à primeira curva em primeiro. Porém, os pneus frios e algum otimismo na abordagem daquela zona do circuito, levaram o Audi RS3 LMS TCR a descrever uma trajetória demasiado larga. RAFAEL LOBATO regressou á pista, perdendo duas posições para, poucas voltas cumpridas, ser penalizado por alegadamente ter ganho vantagem na primeira curva.

Como seria isso possível, se o piloto da Veloso Motorsport perdeu duas posições? O exame dos vídeos e a argumentação do piloto de nada serviram, tendo ficado a ideia que a decisão foi absolutamente precipitada. Infelizmente, obrigado a fazer um “drive through”, RAFAEL LOBATO caiu para o quinto lugar a poucas voltas do final, inviabilizando qualquer recuperação.

Rafael Lobato – “Não dá para perceber, mas as coisas são como são, poderia ter ficado, no mínimo, em segundo e terminei a corrida no quinto lugar com uma penalização injusta. O carro estava muito bom e poderia até ter lutado pela vitória. Infelizmente assim não aconteceu, amanhã vou tentar chegará vitória e fechar a temporada como a comecei.”

O segundo dia de provas no Autódromo Internacional do Algarve iniciou-se bem cedo, cabendo a Rafael Lobato iniciar a jornada na Corrida 3.

Saindo da segunda posição da grelha de partida, RAFAEL LOBATO esteve igual a si próprio e alardeou classe e talento pela pista algarvia, em constante luta com Francisco Abreu. Quando este foi penalizado devido a uma ultrapassagem que redundou num toque entre os dois pilotos, RAFAEL LOBATO pode descansar um pouco e levar o Audi RS3 LMS TCR da Veloso Motorsport com as cores da Ascendi, Crédito Agrícola, Iki Mobile, Fibran XPS, Susazub, Renort, Murganheira, Tomeifel, Glassdrive, Clínica Beco com Saída, Anabela Alves Cabeleireiros, Fornima e Minfo, até á vitória.

Terminou, assim, a temporada 2017 para o jovem piloto de Vila Real, exatamente da mesma forma como a tinha começado, no Autódromo do Estoril, com uma vitória.
Não foi suficiente para chegar ao vice-campeonato nacional nem ao título ibérico, mas ficou provado em pista que RAFAEL LOBATO tem talento e classe suficiente para abraçar um projeto que lhe permita chegar ao título nacional.

Rafael Lobato – “Foi uma bela corrida e a luta com o Francisco muito emocionante. Acabou depois daquela tentativa de ultrapassagem e a partir dai as coisas foram mais tranquilas e, aproveitando as qualidades do Audi RS3 LMS TCR, consegui alcançar o objetivo de terminar o ano como o comecei, ou seja, com uma vitória.”

O dia terminou com a disputa da Corrida 4, tendo Patrick Cunha levado o Audi RS3 LMS da Veloso Motorsport até ao 4º lugar final, confirmando assim a conquista do 3º lugar no Campeonato Nacional e o vice-Campeonato TCR Ibérico.


 
 
   
 
 
     
 
 
 
 
 
Copyright PNC 2007-2016 Design: SNorD   Implementação: B-Way   Programação: AltoDébito